Busca

FOTO&JORNALISMO

Fazer e pensar o fotojornalismo

A fotografia despertando emoções


Quantas vezes nós olhamos para uma fotografia e nos sentimos inundados por diversas sensações? Uma fotografia tem o poder de nos trazer memórias antigas, nos fazer sentir de volta ao tempo, nos fazer sentir que estamos dentro da fotografia e, muitas vezes, nos emocionar.

Neste fim de semana, uma fotografia se espalhou pela internet e emocionou muita gente. O clique aconteceu em um estádio na cidade de Avellaneda, na Argentina. Enquanto o ex-jogador da Seleção argentina, Diego Milito, corria sua última volta no gramado de um estádio para se despedir do futebol, antes do jogo do Racing contra o Temperley, um garoto de apenas dez anos de idade assistia ao ato. Mas não era um garoto qualquer. Santiago Fretes teve que amputar uma perna por causa de má formação congênita. Ele usou a própria muleta para subir em cima dela e assistir, por cima de um muro de 1,70m  que não alcançava, a corrida do ídolo no gramado.

Como se já não bastasse o esforço de Santiago, ele teve um gesto super solidário. Quando viu que seu amigo, Yamil, também não alcançava o alto muro, Santiago emprestou uma de suas muletas para que o amigo também pudesse acompanhar o ídolo. A mãe do garoto Santiago não conteve a emoção e flagrou o exato momento dos dois amigos contemplando a partida no estádio El Cilindro.

santiago620

O resultado não poderia ter sido outro. A foto viralizou na internet e muita gente ficou surpreendida com o ato de Santiago, se emocionando com a amizade entre os meninos. Muito fofo, né?!

❤ Por mais pessoas como Santiago no mundo! Gentileza gera gentileza, sempre!❤

FotojornalismoJF no Instagram!


Boa noite, #photolovers!

Insta

Como já mencionado aqui, o nosso site faz parte do projeto Fotojornalismo por Dispositivos Móveis, da Universidade Federal de Juiz de Fora. E a novidade é que agora você também pode nos acompanhar no Instagram!

Os alunos da disciplina de Fotojornalismo, do segundo período da UFJF, estão produzindo a série fotográfica “O Transporte Público”. São fotos do nosso sistema urbano por vários pontos de vista, o que constrói um âmbito mais subjetivo para as fotos.

13187862_10204503235381144_1301019812_n

Ao final da produção fotográfica será produzido um livro, ministrado pelo diretor do curso de Jornalismo, professor e coordenador do projeto Jorge Felz.

Segue a gente lá, vai! É nesse link 🙂

 

 

 

Casal registra seu, ops… SEUS casamentos!!!


Se você acha que se casar uma vez já é uma grande responsabilidade, que tal se casar quarenta vezes???

Foi o que o casal britânico Lisa Gant e Alex Pelling fez. Na verdade, eles já se casaram mais de quarenta vezes,  sendo cada união em um país diferente. Apaixonada por viagens e com a aventura correndo no sangue, a duplinha fez uma viagem ao redor do mundo e não se conteve em apenas visitar os lugares.

De Manchester, na Inglaterra, o casal sempre sonhou em sair pelo mundo na busca de novos amigos, uma nova casa e um novo futuro. Decidiram, então, correr atrás. Venderam todos os seus bens e partiram para sua mais nova aventura.

E é óbvio que Lisa e Alex registraram cada “sim”. O resultado das mais de quarenta cerimônias foi um book de fotos maravilhoso, no qual eles puderam capturar cada detalhe. E em cada foto, uma cultura. A dupla entrou no espírito cultural de cada país para se casar de acordo com os costumes tradicionais locais. Confira algumas fotos:

 

E você, embarcaria nessa viagem e se casaria em mais de um país?!🙂

A fotografia em voga no Prêmio Estação Imagem 2016


Com o trabalho do fotojornalista tendo cada vez menos espaço neste atual contexto de crises,  o Prêmio Estação Imagem 2016 coloca o fotojornalismo em debate e levanta várias discussões importantes sobre o tema. A Estação Imagem surgiu em 2007 e é uma associação cultural que tem por foco eventos e projetos ligados, principalmente, à fotografia. Neste ano, está promovendo a sétima edição do Prêmio Estação Imagem, um prêmio internacional de fotojornalismo. A série de eventos começou na noite de ontem (13) e vai rolar até dia 17 de abril, em Viana do Castelo, em Portugal.

estac_a_oimagem2016_vianadocastelo2

 

Na programação, estão incluídas conferências, exposições, exibição de documentários e debates sobre o mercado do livro de fotografia. (Confira a programação completa do prêmio aqui). Segundo o site da associação, o prêmio é aberto à participação de fotojornalistas portugueses ou estrangeiros que residem em Portugal.

Nas últimas realizações, o prêmio abrangia sete categorias, mas este ano foi adicionada uma oitava, a de Fotografia do Ano. No júri, estão o vice-presidente do serviço fotográfico Getty Images, Aidan Sullivan, a diretora de fotografia da Telegraph Magazine, Cheryl Newman, o fotógrafo Laurent Dubois, que trabalha com a Associated Press de Paris, e o fotojornalista João Silva, o qual vivenciou períodos de guerra na África do Sul na época do apartheid para documentar os conflitos do regime.

Um dos trabalhos a serem apresentados no evento é o do fotojornalista Christopher Morris. Em seu projeto “Americanos”, Morris expõe anos de trabalho retratando uma América em crise de valores – como o nacionalismo exacerbado que leva, muitas vezes, ao ódio e à guerra. Morris, que é freelancer e tem trabalhado com a Time, já participou do júri do prêmio, mas neste ano se dedicará ao seu projeto e a uma conferência que realizará no domingo.

1042756
Christopher Morris no Prêmio Estação Imagem 2016. (Reprodução Internet)

 

Serão 190 trabalhos avaliados pelo júri durante toda a semana, mas o momento mais esperado do prêmio acontece no sábado, às 11h30: a cerimônia de entrega dos prêmios. No domingo, o evento é encerrado com a conferência de Morris e com exibição de mais alguns projetos e documentários.

 

 

Concurso Red Bull Illume 2016


As inscrições para o maior concurso fotográfico que envolve esportes radicais do mundo está acabando!

red-bull-illume

 

O concurso Red Bull Illume acontece desde 2007 e dá as caras de três em três anos. Podem participar fotógrafos amadores e profissionais, desde que enviem até cinco fotos de esportes radicais em uma das onze categorias.

Ao final, os jurados irão escolher onze vencedores em cada categoria e um vencedor geral. Um dos avaliadores deste ano é o brasileiro Fabio Marra, editor de fotografia da Folha de S.Paulo. Ele alerta que a qualidade da foto é importante, sim, mas que também devem ser levados em conta as novas tecnologias e a interação com a fotografia.

O legal deste ano é a categoria “MOBILE“, que vai selecionar as melhores fotos capturadas por um celular ou por um tablet. E sabemos que o (foto)jornalismo atual é recheado deste recurso fotográfico, porém, hoje se debate muito sobre a estética de uma imagem feita por estes aparelhos utilizada no jornalismo. No ano passado, em novembro, vimos exemplos que ilustram o cenário em que o fotojornalismo vive hoje: testemunhas que filmaram dos próprios smartphones os ataques em Paris.

A premiação do concurso vai ocorrer em uma cerimônia final, ainda em 2016. Os campeões sortudos receberão um vale de 60 mil euros na loja da Sony e um vale de 40 mil euros na loja Yodobashi.

Se esporte e fotografia são duas paixões suas, não deixe de se inscrever! O prazo é até 31 de março.

Mais informações no site da Red Bull.

Boa sorte!

 

Hora do cinema!!!


old film projector with dramatic lighting

Tudo bem que o carnaval acabou e o descanso também… Mas ainda temos os fins de semana para curtir aquele filminho, não é?!

Ainda mais quando o assunto é sobre aquilo que amamos: a fotografia!❤

Foi sobre esse assunto-amor que o Blog Fotografia Total disponibiliza aquela lista esperta de 12 filmes que, para quem gosta de fotografia e fotojornalismo, vai ser difícil assistir uma vez só!

Então prepara a pipoca porque aí vai:

 

1- THE BANG BANG CLUB – The Bang Bang Club é o nome dado ao grupo formado por 4 fotojornalistas de guerra da África do Sul, do qual faz parte o repórter de guerra português João Silva. Um filme baseado em factos reais, durante reportagens realizadas durante a violência das primeiras eleições livres realizadas na África do Sul. Um filme obrigatório para fotojornalistas e apaixonados do jornalismo de guerra.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

2- VISUAL ACOUSTICS: Modernism of Julius Shulman – Filme essencial para quem tem interesse pela fotografia de arquitectura. Documentário sobre um dos mestres da fotografia de arquitectura, Julius Shulman.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

3- HENRI CARTIER-BRESSON: The Impassioned Eye – Henri Cartier-Bresson foi um dos mestres do fotojornalismo e da fotografia do instante decisivo. Este documentário contem diversas entrevistas e analises ao trabalho de Cartier-Bresson.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

4- The Genius of Photography – Um excelente documentário que contém entrevistas com alguns dos maiores nomes da fotografia mundial, dos quais se destacam: William Eggleston, Goldin Nan, William Klein, Martin Parr, Mann Sally, Robert Adams, Teller Juergen, Andreas Gursky

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

5- WAR PHOTOGRAPHER – Este é o documentário sobre um dos mais conhecidos repórteres de guerra da actualidade, James Nachtwey. O realizador acompanhou Nachtwey durante vários trabalhos de reportagem no terreno, no qual vemos a forma de trabalhar do repórter e a obtenção de algumas das suas mais conhecidas fotografias, muitas vezes através de planos de uma mini-câmara colocada no topo da sua câmara fotográfica.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

6- MANUFACTURED LANDSCAPES – Documentário que segue o fotografo canadiano Edward Burtynsky nos seus trabalhos pela China, Bangladesh e Estados Unidos da América.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

7- ANNIE LEIBOVITZ – Life Through a Lens – Um documentário sobre uma das mais conhecidas fotografas da actualidade, realizado pela sua irmã Barbara. Um filme imprescindível para apreciadores do trabalho desta fotografa.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

8- NATIONAL GEOGRAPHIC’S: The Photographers – Documentário com entrevistas e visionamento do trabalho de alguns dos mais conceituados fotógrafos da National Geographic.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

9- WHAT REMAINS: The Life and Work of Sally Mann – Documentário sobre uma das mais proeminentes fotografas mundiais, Sally Mann, onde são mostradas e comentadas algumas das suas fotografias mais conhecidas para além de entrevistas.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

10- CONTACTS, 3: Conceptual Photography – Vários fotógrafos contemporaneos revelam os seus segredos, histórias e comentam as suas imagens. Fotógrafos tais como Thomas Struth, Wolfgang Tillmans, Roni Horn, Bernd and Hilla Becher, entre outros.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

11- WILLIAM EGGLESTON IN THE REAL WORLD – Documentário sobre o fotografo norte americano Wiliam Eggleston, onde poderá observar o fotografo a trabalhar e depois comentar alguns dos seus trabalhos.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

12 – NATIONAL GEOGRAPHIC – Most Amazing Photos  – A revista National Geographic sempre nos habituou a grandes fotografias, neste DVD poderá conhecer algumas das suas melhores fotografias e os fotógrafos que as fizeram. Um documentário a não perder.

 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios 12 Filmes e Documentarios de Fotografia Obrigatórios

 

 

Eu, particularmente, indico SUPER o número 1: The Bang Bang Club. Já li o livro e assisti ao filme e recomendo muito para quem gosta de filmes baseados em fatos reais. Ainda mais se tratando deste grupo que fez um trabalho esplêndido de fotojornalismo.

Para quem se interessar, o livro “O Clube do Bangue-Bangue: instantâneos de uma guerra oculta” foi escrito pelos dois sobreviventes do grupo, que era composto por quatro fotógrafos. Ele conta detalhes dos desafios enfrentados pelo grupo quando saíam pelas ruas da África do Sul em guerra para fotografar a época do regime do aparthei, entre 1990 e 1994. Além da história emocionante, algumas fotografias impactantes são trazidas no livro.

8913-tratada

 

Agora é ler e apertar o play!

Boa leitura e bons filmes!

 

 

Campanha fotográfica sobre abate de animais


Atualmente, existe um incessável debate sobre o termo abate humanitário. Você sabe o que é isso? É um termo muito utilizado hoje em dia pela indústria pecuária, que consiste em dizer que a carne que nós consumimos é proveniente de um animal morto sem sofrimento. Questionando esta ideia, um fotógrafo vegano decidiu realizar uma campanha de conscientização de abate de animais para seu trabalho de conclusão de curso de design.

Para isso, Hugo Fagundes levou pessoas a um matadouro desativado, onde fez uma série fotográfica denominada “Ocultos”. Ele levantou discussões após fotografar essas pessoas no lugar dos animais e na mesma posição em que seriam abatidos no matadouro. As fotografias são fortes e têm o poder de fazer o espectador se colocar no lugar dos animais na hora do abate.

Nas fotos, as legendas explicam que 4.717.440.000 animais foram mortos para o consumo durante o tempo de realização da campanha: 300 dias. Confira:

InversaoOculta2InversaoOculta4InversãoOculta1InversaoOculta3

Fotos: Página da campanha “Ocultos”

 

E vocês, o que acharam sobre a campanha?

 

Intensivão de fotografia do Catraca Livre


O site Catraca Livre, em parceria com o Eduk, está realizando uma promoção que disponibiliza para seus leitores um curso online e gratuito de fotografia de 46 horas. Mas fique ligado: a promoção vai até o dia 31 de janeiro!

CURSO-DE-ARTE-DIGITAL-1

No intensivo, os fotógrafos profissionais Flavio Demarchi, Clicio Barroso, Armando Vernaglia, Leo Neves e Diego Rousseaux irão ensinar técnicas de iluminação, harmonia e edição. Os alunos têm até 30 dias para concluirem seus estudos. Assista ao vídeo:

O curso faz parte do Mão Livre, parceria do Catraca Livre com o EduK. Para fazer o intensivo, o leitor deve se cadastrar neste link e preencher alguns dados de cartão de crédito, porém, a assinatura é gratuita por 30 dias. Caso o leitor não queira pagar para continuar sua assinatura, é só desmarcar a opção “cobrança automática” antes do prazo.

O aluno poderá ter um certificado digital, mas para isso, tem que ter concluído pelo menos 80% das aulas e obter 70% na prova, no mínimo.

Bora aprender mais sobre esta arte?

Bons estudos!

 

Viajando pelo alfabeto da NASA


Que uma imagem tem o poder de nos contar uma história, nós já sabemos. Além disso, ela pode também nos levar para lugares que nunca nem imaginamos estar, isso sem sairmos da cadeira de nosso quarto. Basta contemplar a vista através de uma fotografia.

Um exemplo de como podemos viajar por terrenos inusitados e inimagináveis foi o que Adam Voilant, gerente de mídia social do Earth Observatory, fez. Ele selecionou imagens da Terra capturadas por astronautas, satélites e telescópios cuja lugares formam as letras do alfabeto americano.

Imagens: Earth Observatory

 

alfabeto-nasa

Confira de onde são as imagens incríveis:

A) Traçado do Green River, no estado americano de Utah. A foto foi capturada da Estação Espacial Internacional.

B) Rio Arkansas e Holla Bend Wildlife Refuge, colhida pelo Operational Land Imager (OLI).

C) Ilha artificial na parte sul do Barein. Foto tirada por um astronauta.

D) Ilha Akimiski, em James Bay, no Canadá.

E) Agrupamento de fitoplâncton, costa da Nova Zelândia.

F) Vales e cadeias de montanhas cobertas de neve no sudoeste de Tibete.

G) Ilha Pinaki, na Polinésia Francesa. Foi capturada por astronautas na Estação Espacial Internacional.

H) Cordilheiras no sudoeste de Quirguistão.

I) Ilhas Andaman, arquipélago pertencente à Índia.

J) Recife Reef, Austrália.

K) Geleiras no Parque Nacional Sirmilik, no Canadá.

L) Neve no nordeste dos EUA capturada pelo satélite Aqua.

M) Geleiras nas montanhas Tian Shan no nordeste do Quirguistão.

N) Rastros de navio no Oceano Pacífico.

O) Cratera de meteoro na Mauritânia.

P) Foz do Rio Mackenzie, no Canadá.

Q) Cratera Lonar, na Índia.

R) Lago Menendez, na Argentina.

S) Nuvens girando sobre o Oceano Atlântico

T) Assentamento entre duas estradas nos Emirados Árabes Unidos.

U) Parque Estadual Gooseneck, estado americano de Utah.

V) Cinzas da neve em volta do vulcão Shiveluch , na Rússia.

W) Poeira pairando em cima do Mar Vermelho.

X) Geleira Leidy, na Groenlândia.

Y) Rio Ugab, na Namíbia.

Z) Fumaça de um incêndio sobre o Canadá.

 

 

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.132 outros seguidores